Política

Eleitos novos secretários provinciais da JMPLA

Nicolau Vasco| Menongue Isidoro Samulata| Dundo Mário Clemente| Bengo

Várias províncias elegeram sábado os primeiros secretários da JMPLA, bem como os delegados ao VIII Congresso ordinário da organização juvenil do MPLA, que decorre de 10 a 12 de Outubro deste ano, em Luanda.

Fotografia: DR

No Cuando Cubango, a 10ª assembleia provincial elegeu Severino Sawanda como primeiro secretário, em substituição de Tiago Nunda. Severino Sawanda foi eleito com 182 votos, que permitiu derrotar outros quatro candidatos que concorreriam para o cargo.

A assembleia elegeu igualmente 95 delegados ao VIII Congresso Ordinário da JMPLA e oito pré-candidatados a membros do comité nacional da JMPLA. No seu primeiro discurso, Severino Sawanda prometeu trabalhar para o crescimento da organização na província, assim como para o resgate dos valores morais, cívicos e culturais no seio dos jovens.

A coordenada do grupo de acompanhamento do secretariado nacional da JMPLA para a província do Cuando Cubango, Claudineth Fragoso, pediu aos jovens a participarem nas reformas em curso no país, para que possam, de forma activa, apoiar o Executivo no melhoramento dos sectores da saúde, educação, energia e água, habitação, agricultura e na criação de melhores oportunidades de emprego.

Na Lunda-Norte, os delegados à XII assembleia provincial elegeram Rui Viago Muandjaji, de 29 anos de idade, como primeiro secretário provincial. Os 385 delegados dos 415 previstos para assembleia elegeram também os membros do comité provincial, os candidatos ao comité nacional e os delegados ao VIII Congresso da JMPLA.

Rui Viago Muandjaji, que substitui Caquece Hemani, considerou o acto como sendo democrático, cujo único vencedor é a JMPLA. Afirmou que assume a liderança da JMPLA numa altura em que o país se prepara para as primeiras eleições autárquicas, previstas para o próximo ano, o que vai exigir maior trabalho da organização juvenil para alcançar os objectivos traçados pelo MPLA.

Júlio Inglês, membro do comité nacional da JMPLA e do grupo de acompanhamento à província, pediu ao comité provincial do MPLA maior apoio ao novo secretário, de modo a trabalhar na materialização dos objectivos da organização.

O primeiro secretário provincial do MPLA, Ernesto Muangala, disse que a assembleia da JMPLA visa adaptar a organização aos novos desafios e aprovar as linhas de força que vão nortear a sua acção num período de desafios para o MPLA.

No Bengo, a assembleia provincial elegeu Júnior Daniel Simão, de 36 anos, natural de Bula Atumba, como primeiro secretário provincial da JMPLA. Júnior Daniel Simão disse, na sua intervenção, que é urgente trabalhar para resgatar a mística da organização e torná-la mais criativa e dinâmica, visto que, em 2020, estão previstas as primeiras eleições autárquicas. A JMPLA, enquanto braço juvenil do partido, acrescentou, desempenhará um papel importante para o alcance da vitória nos municípios a serem contemplados na primeira fase.

O segundo secretário do MPLA no Bengo, João Pila Mosse, em representação da 1ª secretária Mara Quiosa, apelou ao novo dirigente da JMPLA a trabalhar de forma inclusiva, aproveitando ao máximo as principais linhas de força de todos candidatos, cumprindo com rigor a orientação ideológica do partido.

 

 

Tempo

Multimédia