Política

Exercício médico militar atende três mil pacientes

Pedro Bica | Pambala

Os especialistas militares de Angola, dos Estados Unidos da América e da  Sérvia que participaram no exercício médico militar que decorreu nas zonas da Pambala, Cerâmica e Vale do Paraíso, no município do Dande, no Bengo, consultaram 3.252 pacientes.

Simulacro demonstrou a capacidade operativa das FAA
Fotografia: Edmundo Eucílio | Edições Novembro

A informação foi avançada ontem à imprensa pelo director do exercício, brigadeiro médico Belchior da Silva, no final das actividades, tendo realçado que estiveram envolvidos 413 especialistas, sendo 217 das FAA, 34 dos EUA, nove Sérvios.
Quanto aos serviços médicos e medicamentosos, a pediatria atendeu 395 pacientes. Foram igualmente atendidas 158  mulheres grávidas, 170 pacientes na Estomatologia e 298 na Oftamologia.
O chefe do Estado-Maior General adjunto das FAA para a área operativa e de desenvolvimento, José Luís Caetano de Sousa, disse que a saúde constitui a base para todo o comportamento humano e é a chave para o nosso desenvolvimento.
“Durante alguns dias foi possível trocarmos experiências na base de um programa, que tinha como principal beneficiário não só as nossas Forças Armadas bem como as populações do Bengo”, disse.
O exercício médico militar conjunto combinado e trilateral Pambala 2017, disse, permitiu aos participantes aperfeiçoar conhecimentos e relações interpessoais, daí podermos concluir que todos saímos beneficiados neste processo.

Experiência

O vice-governador do Bengo para a política e social, António Martins, disse que as FAA acabam de ganhar mais experiências práticas no combate e prevenção contra agentes biológicos agressivos como o Marburg. “Este exercício médico militar Pambala 2017 veio proporcionar às populações e em particular às áreas seleccionadas, um maior e melhor atendimento médico de especialistas nas várias áreas médicas, por isso saímos a ganhar neste particular”, concluiu. Teve a colaboração do Ministério da Saúde, Serviços de Protecção Civil e Bombeiros, SME, Policia e Serviço de Emergências Médicas.

Tempo

Multimédia