Política

Fenómeno religioso analisado em Luanda

A problemática do fenómeno religioso em Angola vai ser discutida numa conferência internacional que acontece nos dias 11 e 12 deste mês, na Escola Nacional de Administração (ENAD).

Fotografia: Jaimagens | Ediçõs Novembro

O encontro, sob o lema “Uma análise desinibida e despreconceituosa sobre  a crise de valores”, vai analisar procedimentos legais para o reconhecimento das confissões religiosas em Angola. Na conferência vão ser abordados os fundamentos religiosos e ideológicos, bem como o surgimento de células clandestinas criminosas e a conversão de interesses e a inter-relação entre os factos culturais, factos de Direito e religiosos, alicerçados nos fluxos e validades teológicas da herança judaico-cristã muçulmana. A conferência vai abordar igualmente os procedimentos legais para o reconhecimento das confissões religiosas em Angola e o fenómeno religioso como ameaça a soberania e a segurança nacional nos Estados.
Para o segundo dia do encontro, está reservado a questão da vulnerabilidade, ilegalidade, impunidade, exequibilidade do fenómeno religioso e a legítima expectativa da protecção da soberania constitucional angolana.
No encontro, em que participam líderes religiosos e académicos de Portugal, Brasil, França e de Moçambique, deve analisar formas sobre como compreender as velhas e novas religiões, as representações religiosas, bem como as práticas culturais, os símbolos sagrados e as suas formas de espiritualidade na sociedade contemporânea.
Deve também ser analisada a questão dos fundamentos religiosos/ideológicos e o surgimento de células clandestinas criminosas.
A “Estruturação do espaço público das religiões em Angola: a tensão entre o processo peculiar de laicização do Estado e a pluralidade religiosa -perspectiva e análise sociológica” é outro dos temas.

Tempo

Multimédia