Política

“Força Aérea passa por profunda reestruturação”

A Força Aérea Nacional está a passar por um período de profunda reestruturação e potenciação, visando adequá-la aos crescentes desafios de defesa e segurança do país e de reforço das virtudes cívicas e ético-militares, afirmou hoje, em Luanda, o chefe do Estado-Maior General das FAA, general António Egídio de Sousa Santos.

Fotografia: DR

Segundo o chefe do Estado-Maior General, numa mensagem de felicitações por ocasião do 44º aniversário da Força Aérea Nacional, esta é uma condição indispensável para que continue a ser um importante factor na moralização da sociedade, dando conformidade à orientação do Presidente da República e Comandante-em-Chefe das FAA. “Aproveito o ensejo para reconhecer as vitórias alcançadas pelo Ramo, ao longo da sua existência, resultantes em grande medida de iniciativas positivas, particularmente do alto nível de organização e sentido de responsabilidade na materialização prática das ordens superiormente emanadas”, refere o chefe do Estado-Maior General.
Saudou a postura exemplar da Força Aérea ao longo da sua existência, exortando que mantenha a mesma atitude. A instituição, disse, tem a característica fundamental de reunir homens e mulheres que, desde o passado histórico, aprenderam a consentir enormes sacrifícios.

 

Tempo

Multimédia