Política

Forças Armadas encerram jornadas

O chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas, general de exército Geraldo Sachipengo Nunda, preside nesta quarta-feira, na 101.ª Brigada de Tanques, ao acto de encerramento das III Jornadas Patriótico-Militares/2017, iniciadas a 30 de Março último.

General Sachipengo Nunda, chefe do Estado Maior
Fotografia: Edições Novembro


Durante a abertura das jornadas, o chefe do Estado-Maior adjunto das FAA para a Educaão Patriótica, general Egídio Sousa e Santos “Disciplina”, disse ser obrigação e dever das Forças Armadas elevar a consciência da tropa na segurança necessária ao livre exercício do direito de cidadania pela população, em todo o território nacional, e em particular ao longo das fronteiras nacionais, apoiando os esforços da Polícia Nacional no cumprimento desta missão.
Durante as jornadas, realizadas sob o lema “pelo reforço da disciplina, lealdade e prontidão combativa, avante Forças Armadas Angolanas”, foi realizada uma campanha de educação cívica e patriótica das tropas que contribuiu para a sua participação nas eleições gerais de 23 de Agosto último.
O evento teve igualmente como objectivo o incentivo à prática de valores que contribuam para melhorar o desempenho dos quadros e das tropas, o aumento da eficiência, bem como da prontidão combativa. “O militar, as leis e a sociedade” foi um dos temas das jornadas.

Tempo

Multimédia