Política

Formações políticas retiram propaganda

Weza Pascoal | Menongue

As formações políticas que concorreram às eleições gerais de 23 de Agosto retiraram já nas ruas e outros espaços públicos nos nove municípios do Cuando Cubango os seus materiais de propagandas eleitoral, de acordo com a deliberação da Comissão Nacional Eleitoral (CNE).

Material da campanha deve ser retirada até ao dia 23
Fotografia: Francisco Bernardo | Edições Novembro

A reportagem do Jornal de Angola confirmou, durante uma ronda nas principais artérias da cidade de Menongue, que as formações políticas cumpriram a orientação da CNE, que determinou a retirada de todo o material de propaganda eleitoral até ao dia 23 de Setembro.
O secretário provincial do Departamento de Informação e Propaganda  do MPLA, Manuel Samba, garantiu que o processo de retirada do material de propaganda foi concluído antes do prazo determinado pela CNE.
Manuel Samba referiu que o MPLA começou a retirar a propaganda eleitoral depois da publicação dos resultados provisórios das eleições gerais de 23 de Agosto nos nove municípios. “No centro da cidade de Menongue e nas sedes municipais já não se verifica nenhum material de propaganda”, disse.
O dirigente da CASA-CE, Gabriel Restino, garantiu que todo o material de propaganda eleitoral na província já foi recolhido. No Cuando Cubango, o MPLA venceu as eleições gerais de 23 de Agosto com 81.339 votos, que corresponde a 73,10 por cento e que lhe conferiu o direito de eleger quatro deputados pelo círculo provincial. A UNITA ocupou o segundo lugar com 23.953 votos, que corresponde a 21,55 por cento, elegendo um deputado.

APN no Uíge

A APN recolheu já das ruas da cidade do Uíge todo o material de propaganda utilizado no quadro das eleições de 23 de Agosto, informou ontem o secretário provincial daquele partido, José Sumbo, informando que a recolha foi feita através da mobilização de jovens.

Tempo

Multimédia