Política

Governador pede colaboração dos munícipes

O governador de Cabinda, Eugénio Laborinho, apelou aos munícipes da província a denunciarem casos de imigração ilegal, colaborando com os órgãos de Defesa e Segurança e da Justiça na denúncia de casos que acontecem nas comunidades.

Fotografia: António Soares |EDIÇÕES NOVEMBRO

Eugénio Laborinho fez este pedido na abertura do programa comemorativo dos 63 anos da cidade de Cabinda, que se assinala a 28 deste mês.
O governador considera ser “tarefa de todos os munícipes da província colaborar com os órgãos de Defesa e Segurança, para acabar com a imigração ilegal”.
Segundo o governador, as autoridades da província e a sociedade civil de Cabinda devem trabalhar em conjunto para o bem comum, que é a tranquilidade da província.
Eugénio Laborinho indicou como uma das causas negativas da imigração ilegal o número elevado de seitas religiosas e igrejas.
De 2018 até Abril deste ano, o Serviço de Migração e Estrangeiros em Cabinda expulsou do país 13.963 cidadãos estrangeiros de diferentes nacionalidades.

Tempo

Multimédia