Política

Governo quer melhorar condições dos jovens

Alfredo Ferreira | Caxito

A governadora do Bengo declarou ontem, na cidade de Caxito, Bengo, que o governo trabalha para melhorar as condições sociais dos jovens, por constituírem a força motriz de qualquer sociedade.

Mara Quiosa reconheceu contributo dos jovens
Fotografia: Edmundo Eucílio | Edições Novembro

“A melhoria das condições sociais dos jovens no Bengo passa pela construção de mais espaços de lazer, como quadras poli-desportivas e bibliotecas”, afirmou Mara Quiosa, na abertura da primeira conferência provincial da juventude sobre promoção da cultura de paz.
Mara Quiosa reconheceu o papel dos jovens nas acções em prol do crescimento económico da província, salientando que a melhoria das condições dos jovens também passa pela construção de centros de formação profissional, nos quais devem ser ministrados cursos de curta duração e de maior procura no mercado de trabalho.
A governadora pediu a colaboração dos jovens na luta contra o desemprego e redução da delinquência e apelou para tudo fazerem em prol da reconciliação nacional e da manutenção da paz.
O presidente do Conselho Provincial da Juventude do Bengo, Sabino Rodrigues, disse que esta instituição social tem colaborado com o governo local para minimizar as inúmeras carências sociais dos jovens da região. A Conferência Provincial da Juventude sobre Promoção de Cultura de Paz decorreu sob o lema “Paz, unidade e diálogo, prioridade para a ju-ventude”. Temas como a participação e responsa-bilidade da juventude no desenvolvimento do país à luz do plano de desenvolvimento nacional 2018/2022 e autarquias locais como factor de estabilidade e promoção da coesão social local da juventude foram abordados no evento.

 

Tempo

Multimédia