Política

Inspecção militar melhora actuação

Edna Dala |

A Inspecção de Defesa Nacional pretende aperfeiçoar os mecanismos de inspecção militar, anunciou ontem, em Luanda, o responsável da instituição, Marques Correia “Banza”.

Fotografia: Jaimagens | Edições Novembro

O responsável, que discursava na cerimónia de abertura das jornadas da “Semana do inspector militar”, sublinhou que as acções inspectivas devem ser sempre realizadas com base nos instrutivos, para garantir o cumprimento exitoso da missão atribuída aos auditores.
Marques Correia sublinhou que os órgãos de Inspecção devem cumprir com o estabelecido na lei, para garantir que cumpram com a sua missão.
Durante o encontro, que teve lugar no anfiteatro da Inspecção de Defesa Nacional, o responsável lembrou aos inspectores que o objectivo é proteger e assegurar, com toda a responsabilidade e honestidade, os bens das Forças Armadas Angolanas tanto humanos como materiais e financeiros postos à sua disposição.
Na ocasião, o inspector militar reconheceu que, em função da limitação financeira, se torna imperioso aperfeiçoar mais os métodos de trabalho, para o melhor de-sempenho da actividade inspectiva. Marques Correia in-
dicou que muitos gestores se esquecem de que tudo aquilo que executam deve ser registado e, assim, facilitar o trabalho do gestor.
O inspector indicou como um dos grandes desafios para os próximos anos o programa de formação para inspectores, por meio de convénios com alguns países, nomeadamente África do Sul, Malawi e Zimbabwe.

Tempo

Multimédia