Política

Lotti Nolika realça papel da comunicação social

Miguel Ângelo / Huambo

A primeira-secretária provincial do MPLA no Huambo considerou, hoje, que os órgãos de comunicação social desempenham um papel preponderante no desenvolvimento das sociedades, por serem a “voz do povo” no escrutínio de “boas práticas de governação”.

Primeira-secretária provincial do MPLA,Lotti Nolika
Fotografia: DR

Lotti Nolika, que manteve um encontro com jornalistas dos diversos órgãos de comunicação social sediados na província, acrescentou que a classe governante deverá estar preparada para receber críticas construtivas dos profissionais da imprensa. 

No encontro, designado de Café de ideias”, a também governadora da província do Humabo reconheceu o jornalismo é uma “profissão nobre”, mas defendeu que o tratamento e divulgação das matérias jornalistas têm que se basear em factos verídicos, de modo a que a população tenha acesso à informação credível.

“O jornalista esteve sempre na linha da frente, como acontece, agora, neste período de pandemia. Mas esta actividade, para que seja credível, deverá ser desenvolvida com transparência e imparcialidade”, disse a primeira-secretária, reforçando que o MPLA, enquanto partido do Governo, está atento e preocupado com a falta de condições de trabalho. Disse que há acções para melhorar a situação.

Lotti Nolika garantiu estar aberta à recolha de opiniões que contribuam para um melhor desempenho da cadeia de governação. “As preocupações dos jornalistas podem ser apresentadas à primeira-secretária do partido, por ser, também, a governadora da província, pelo facto desta formação política ser o Governo”, disse.

Tempo

Multimédia