Política

Mike Pompeo é recebido amanhã pelo Chefe de Estado

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, é recebido hoje, em audiência, pelo Presidente da Re-pública, João Lourenço, no Palácio da Cidade Alta.

Governo norte-americano encoraja as reformas em curso no país e o combate à corrupção
Fotografia: DR

A audiência com o Chefe de Estado é a primeira actividade de Mike Pompeo, que está no país desde a noite de ontem, no quadro de uma digressão a alguns países da Europa, África e Médio Oriente, iniciada no dia 13.
Segundo o programa da visita, está previsto um encontro de trabalho com o ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, no edifício sede do Mirex, na Mutamba, seguido de uma conferência de imprensa.
Uma mesa-redonda com empresários vai marcar igualmente a visita do se-cretário de Estado norte-americano, que vai reunir-se, também, com membros da Embaixada dos Estados Unidos em Angola, antes de deixar o país, ainda hoje.
Ao anunciar a visita, há duas semanas, o ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, considerou-a um sinal de apoio às reformas em curso no país, encetadas pelo Presidente João Lourenço.
Manuel Augusto sublinhou que a visita do chefe da diplomacia norte-americana representa a consolidação das excelentes relações de cooperação entre Angola e os Estados Unidos.
Para o governante angolano, a deslocação de Mike Pompeo a Luanda é uma ocasião para Angola reafirmar a vontade de continuar inserida no contexto internacional como um “sujeito de bem”.

Trocas comerciais
As trocas comerciais entre Angola e os Estados Unidos atingiram 3,4 mil milhões de dólares no final de 2017, sendo que o país exportou produtos avaliados em 2,6 mil milhões e os Estados Unidos cerca de 800 milhões de dólares.
Já em 2016, atingiram um total de 4,2 mil milhões de dólares, um declínio de 16 mil milhões de dólares, depois de, em 2008, se ter verificado um volume de 20,1 mil mi-lhões de dólares.
Angola e os Estados Unidos assinaram, em 2010, um acordo para a criação de uma comissão bilateral intitulada Diálogo de Parceria Estratégica.
Angola tornou-se, assim, no terceiro país da África Subsaariana com o qual os Estados Unidos têm uma parceria estratégica. Os outros dois são a África do Sul e a Nigéria.
No quadro da cooperação bilateral, os Estados Unidos consideram que Angola ocupa uma posição geográfica importante de acesso à África Central e Austral e também próxima do Golfo da Guiné.
Angola já exporta para os EUA petróleo e seus derivados, ainda antes do AGOA, tendo exportado, entre 1985 e 2003, mercadorias no valor de 42,9 mil milhões de dólares.
Após ter aderido ao AGOA, em 2003, as exportações angolanas para os EUA quase triplicaram em quantidade e valor, ascendendo no período entre 2004 e2014 a 115,39 mil milhões de dólares.
Angola exporta para os Estados Unidos, essencialmente, petróleo e diamantes, ao passo que os norte-americanos vendem para o país alimentos, equipamentos para o sector petrolífero e maquinaria diversa.
Além de Angola, Mike Pompeo visitou o Senegal e segue, depois, para a Etiópia, na primeira viagem oficial de um membro do Governo dos Estados Unidos ao continente em mais de ano e meio.
O périplo realiza-se num momento em que a Administração do Presidente norte-americano, Donald Trump, tenta contrariar o crescente interesse da China no continente. A viagem do secretário de Estado norte-americano ocorre, também, num período em que Washington avalia a possibilidade de reduzir a presença na região do Sahel, que tem sido afectada por ataques de extremistas associados à al-Qaeda e ao grupo terrorista Estado Islâmico, que provocaram centenas de mortos no último ano.
Em 2019, Pompeo referiu que o Sahel deveria ser foco de uma coligação global contra o Estado Islâmico. Outra decisão que suscitou preocupação em África foi o anúncio, pelo Presidente Trump, em Janeiro, de que os EUA iam deixar de emitir vistos a cidadãos da Nigéria, o país mais populoso de África, com uma população estimada em 200 milhões de habitantes. As restrições foram também aplicadas à Eritreia, Tanzânia e ao Sudão.

Tempo

Multimédia