Política

Ministra pede empenho de directores de escolas

Kayila Silvina

A ministra da Educação, Maria Cândida Teixeira, defendeu melhorias na qualidade do ensino e na preparação dos alunos, para o relançamento do processo de aprendizagem em todo o país, numa alusão às reformas educativas.

Fotografia: Mota Ambrósio | Edições Novembro

Cândida Teixeira falava num encontro com directores de diversas instituições de ensino em Mbanza Kongo, província do Zaire, onde permaneceu 24 horas a radiografar o sector que dirige.
“A nossa missão é formar alunos que possam servir a sociedade e o país em geral”, afirmou a ministra da Educação, à margem do acto da tomada de posse dos directores das escolas, nomeados recentemente pelo governador provincial do Zaire, José Joanes André.
A ministra da Educação, pediu maior engajamento dos directores das escolas e professores vinculados ao sistema de ensino no Zaire, para que possam acompanhar o desenvolvimento tecnológico, permitindo deste modo o melhoramento da qualidade do seu trabalho na sociedade. “A actuação dos professores deve significar qualidade, mu-dança e modernidade no processo de ensino e aprendizagem”, explicou a ministra da Educação.
Em Mbanza Kongo, Maria Cândida Teixeira visitou escolas e locais históricos da região, nomeadamente o Kulumbimbi, a primeira igreja construída a sul do Equador, o Museu dos Reis do Kongo, Tadi Dia Bukikua, entre outros locais.
Consta da agenda de trabalho da ministra da Educação à província do Zaire, a deslocação hoje terça-feira aos municípios do Tomboco, Nzeto e Soyo.

Tempo

Multimédia