Política

Ministro quer preservação da soberania

Toda a acção das Forças Armadas Angolanas deve estar voltada para a preservação da paz, da independência, soberania, integridade territorial, unidade e reconciliação nacionais, bem como  para o normal funcionamento das instituições democráticas.

Salviano Sequeira dirigiu mensagem pelo dia do sector
Fotografia: Rogério Tuti | Edições Novembro

 Esta posição está expressa num comunicado do ministro da Defesa Nacional, Salviano de Jesus Sequeira, por ocasião do 42º aniversário do Ministério da Defesa Nacional assinalado ontem, dia 12.
De acordo com o ministro, a comemoração desta efeméride acontece numa nova conjuntura política, caracterizada  por processos dinâmicos de mudanças, subjacentes numa mais exigente assumpção das responsabilidades dos quadros comprometidos com o combate ao nepotismo, à corrupção e ao “espírito do deixa andar” que predominam nas instituições.

Tempo

Multimédia