Ministro quer qualidade no Ensino Superior


6 de Abril, 2013

O ministro do Ensino Superior, Adão Ferreira do Nascimento, pediu ontem, em Ndalatando, província do Kwanza-Norte, maior investimento na qualidade de ensino, tendo em vista os novos desafios de desenvolvimento do país.

O ministro do Ensino Superior, Adão Ferreira do Nascimento, pediu ontem, em Ndalatando, província do Kwanza-Norte, maior investimento na qualidade de ensino, tendo em vista os novos desafios de desenvolvimento do país.
Ao dissertar sobre o tema “Universidade, sociedade e desenvolvimento” na I Conferência Internacional da Universidade Kimpa Vita, que decorre nesta cidade sob o lema “A Universidade como propulsora vital do desenvolvimento do Kwanza-Norte e do Uíge”, defendeu também a necessidade da promoção da investigação científica para que o país seja uma referência na região.
Para o efeito, o governante recomendou investimento forte na criação de centros de investigação científica dotados de docentes, laboratórios, bibliografia especializados e recursos financeiros capazes de fazerem face às necessidades da produção científica.
Segundo o dirigente, a melhoria da qualidade do Ensino Superior em Angola passa necessariamente pela aposta em quadros competentes, comprometidos com as orientações do desenvolvimento nacional e com a promoção da qualidade.
O ministro acentuou que a aposta na qualidade deste sistema de ensino pode trazer benefícios multiplicadores às instituições de Ensino Superior, como referências de nível internacional dos seus cursos e melhorar a inserção dos quadros formados por estas mesmas instituições no mercado de trabalho.
Acrescentou ser também necessário avaliar o quanto as universidades respondem com os seus programas e objectivos à demanda no país. “A melhoria da qualidade do Ensino Superior em Angola é uma prioridade do Ministério de tutela”, disse Adão do Nascimento, para quem a colaboração das instituições de Ensino Superior é imperiosa para o alcance deste desiderato.
O fórum, aberto pelo governador do Kwanza-Norte, Henrique André Júnior, é uma iniciativa da Universidade Kimpa Vita, afecta à VII região académica, que compreende as províncias do Uíge e Kwanza-Norte, em parceria com os governos destas províncias.
O encontro tem por objectivo a recolha de contribuições da comunidade académica e de profissionais de distintas áreas do saber, visando o desenvolvimento das citadas regiões. Com duração de dois dias, a conferência aborda temas como “A Universidade como propulsora do desenvolvimento”, “A qualidade de vida e instrução como veículo do desenvolvimento”, “O ambiente e o desenvolvimento” e “O comércio como instrumento de desenvolvimento”.
Participam no evento responsáveis, professores e estudantes da Universidade Kimpa Vita e convidados.

capa do dia

Get Adobe Flash player


FALTAM 27 Dias

Saiba Mais

NEWSLETTER

Receba a newsletter do Jornal de Angola no seu e-mail:

SIGA-NOS RSS

MULTIMÉDIA