Política

Movimentos migratórios ilegais

O Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) no Cunene registou nos últimos sete dias, em  diferentes postos fronteiriços da província com a  Namíbia, 16.527 movimentos migratórios.

Vários casos detectados no no Posto de Santa Clara
Fotografia: Angop |

Os dados constam de um comunicado do SME divulgado ontem, sobre o movimento terrestre verificado nos postos fronteiriços de Santa Clara, Ruacaná, Okalonga e Calueque.
Entre os estrangeiros,  a lista aponta  cidadãos namibianos, sul-africanos, portugueses, brasileiros, chineses, alemães, cubanos, congoleses e zambianos, dos quais l.431 são turistas, 15 residentes e 33 trabalhadores não-residentes.
No mesmo período, o SME registou infracções migratórias relacionadas com a permanência ilegal de um estrangeiro de nacionalidade portuguesa, em operacções  de fiscalização em hotéis e pensões.

Tempo

Multimédia