Política

MPLA e Rússia Unida trocam experiências

Edna Mussalo

O secretário-geral do MPLA, Paulo Pombolo, analisou, ontem, com o secretário-geral adjunto do Partido Rússia Unida, Andrey Klimov, por videoconferência, o papel das forças políticas governantes na luta contra as consequências socioeconómicas da pandemia da Covid-19.

Secretário-geral do MPLA defendeu perdão da dívida externa
Fotografia: DR

O encontro, realizado por iniciativa do Partido Rússia Unida, partido governante na Rússia, contou com a participação de partidos da Nigéria, Congo Brazzaville, República Democrática do Congo, Namíbia e Burundi. Ao intervir na conferência, o secretário-geral do MPLA, Paulo Pombolo, informou que Angola considerou de “importância capital” as iniciativas para o alívio do fardo da dívida externa dos países em vias de desenvolvimento.

Paulo Pombolo lembrou que o Presidente João Lourenço defendeu, na última sessão da Assembleia-Geral das Nações Unidas, o compromisso de trabalhar pelos 17 Objectivos de Desenvolvimento Sustentável, no quadro da Agenda 2030, para a eliminação da pobreza extrema e a redução significativa dos níveis de pobreza multidimensionais até 2030.

A pandemia da Covid-19, adiantou, tem sido um desafio para o Executivo, que assegu-rou as medidas de biossegurança e isolamento social, de forma a que as pessoas, mantidas em casa, se harmonizem com o funcionamento dos serviços mínimos, assim como garantir o equilíbrio para evitar o colapso das empresas.

Tempo

Multimédia