Política

MPLA pede engajamento na preparação das autárquicas

O primeiro secretário do MPLA no Zaire, Pedro Makita Armando Júlia, pediu o engajamento dos militantes na preparação das eleições autárquicas de 2020, para disputá-las e vencê-las.

Pedro Makita Júlia, primeiro secretário do MPLA no Zaire
Fotografia: Dombele Bernardo | Edições Novembro

Pedro Makita Armando Júlia falava, sábado, em Mbanza Congo, na abertura da VI sessão ordinária do comité provincial, que visou a confirmação de Hortêncio Nunes Gabriel como novo segundo secretário provincial do partido.
“Esperamos maior dinamização e operacionalização das estruturas de base do MPLA nesta região para o alcance dos objectivos políticos preconizados” , disse Pedro Makita Júlia, realçando a necessidade de os futuros autarcas serem cidadãos verdadeiramente dedicados à causa comum.
No Moxico, o primeiro secretário provincial do MPLA, Gonçalves Muandumba, pediu também, no Luena, o envolvimento dos militantes da JMPLA na sensibilização da população para participar em massa nas primeiras eleições autárquicas.
Ao falar, igualmente sábado, no acto de ingresso de 220 candidatos nas fileiras da organização juvenil do MPLA, o político afirmou que as autarquias constituem o principal desafio do partido para este e o próximo ano.
Para este desafio, acrescentou Muandumba, o MPLA pretende apostar nos quadros jovens, daí a necessidade do envolvimento da juventude para intensificar as acções de sensibilização nas comunidades.
No mesmo dia, a vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, apelou à participação activa e massiva dos militantes na campanha de moralização da sociedade contra a corrupção, nepotismo, impunidade e a bajulação, a ser lançada no dia 20 deste mês, em Luanda.
Ao presidir ao acto político de apoio ao VII Congresso Extraordinário do MPLA, Luísa Damião explicou que “a campanha é um compromisso real com o país, na sequência das promessas eleitorais do partido”.

Tempo

Multimédia