Política

MPLA avalia programa de governo

Adelina Inácio

O bureau político do MPLA apreciou ontem a proposta do Executivo sobre o Programa de Apoio à Produção Nacional, Diversificação das Exportações e Substituições de Importações. 

Reunião analisou as tarefas agendadas pelo partido
Fotografia: Mota Ambrósio | Edições Novembro

O programa tem como objectivo acelerar a diversificação da produção nacional por via do fomento de fileiras exportadoras em sectores não petrolíferos e com forte potencial de substituição de importações.
O porta-voz do MPLA, Norberto Garcia, que falou à im-prensa no final do encontro orientado pelo presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos, adiantou que o partido no poder apoia as acções do Executivo para garantir mais emprego e sustentabilidade da  produção nacional.
A ideia, acrescentou, é que o país deixe de depender do sector financeiro e cambial e resolva  os problemas de produção nacional. Norberto Garcia adiantou que o bureau político preparou ontem o projecto do relatório do bureau político que vai ser apresentado ao comité central.
“O relatório está relacionado ao grau de cumprimento das tarefas políticas de 2017. Depois de lançada a agenda política, temos agora de dizer ao comité central o grau de cumprimento dessas actividades que ascendem a ordem de 85 por cento”, disse.
Os membros do bureau político, segundo o porta-voz do MPLA, trataram também de questões relacionadas à mudança do primeiro secretário da província do Bengo e a realização de uma conferência extraordinária na província do Bengo.

Compromisso
O MPLA defende que os militantes estejam comprometidos na execução das tarefas do partido, buscando as melhores soluções que se adequem ao contexto actual do país.
O facto foi expresso ontem pelo primeiro secretário provincial do Huambo, João Baptista Kussumua, na apresentação da agenda política 2018.

Tempo

Multimédia