Política

Novos advogados recebem cédulas

Elautério Silipuleni | Ondjiva

A delegação provincial da Ordem dos Advogados de Angola (OAA) no Cunene procedeu, ontem, à entrega da cédula definitiva a um advogado para o exercício da profissão e certificou outros três estagiários com cédulas provisórias, depois de participarem com êxito numa formação de 18 meses.

Fotografia: Angop

A representante da OAA no Cunene, Esmeralda Mbuta, afirmou que a instituição que dirige está a trabalhar para que os filiados tenham actuações que dignifiquem a classe na província.

A causídica sublinhou que os advogados têm obrigações para com a sociedade e seus constituintes, tendo como alvo a defesa da dignidade humana. Defendeu, ainda, que os advogados devem abster-se de práticas que lesem a profissão, trabalhar afincadamente e com dignidade para o bom nome dos profissionais.
“Os nossos profissionais têm de dignificar a Justiça do país”, exortou Esmeralda Mbuta que apelou ainda aos novos advogados para terem boa conduta e sigilo profissional durante a sua actuação.
“Esta profissão é nobre. Não devem pensar que vão enriquecer com esta actividade. Terão casos em que as contrapartidas financeiras não serão por aí além e levarão muito tempo para a sua resolução”, advertiu.
A província do Cunene passa assim a contar com 15 advogados com cédulas definitivas e 40 com cédulas de estagiários.

Tempo

Multimédia