Política

Obasanjo e João Lourenço discutem situação em África

Cândido Bessa |

O antigo Presidente da Nigéria e um dos integrantes do Comité de Sábios da União Africana, Olesegun Obasanjo, discutiu ontem, em Luanda, com o Presidente João Lourenço, as reformas necessárias para a União Africana e a situação política no continente.

Olesegun Obasanjo esteve ontem na Cidade Alta
Fotografia: Francisco Bernardo | Edições Novembro

Olesegum Obasanjo, que felicitou o Presidente João Lourenço pela vitória nas eleições de 23 de Agosto último, depois de o já ter feito por mensagem, afirmou que o continente e a União Africana passam por desafios que merecem uma discussão e concertação de ideias.
A cooperação entre a Nigéria e Angola foi outro assunto abordado durante a audiência que o Presidente João Lourenço concedeu a Obasanjo, no Palácio Presidencial da Cidade Alta. Os dois países são os principais produtores de petróleo do continente e a queda dos preços tiveram grande impacto nas receitas de ambas as nações, principalmente de Angola, que depende quase que exclusivamente da venda deste produto.
Olesegun Obasanjo foi recebido horas após o Presidente João Lourenço se ter reunido com o ministro dos Negócios Estrangeiros do Zimbabwe, Subusiso Moyo, que entregou ao Chefe de Estado angolano uma mensagem do Presidente Emmerson Mnangangwa.
Subusiso Moyo explicou a João Lourenço, que preside o Comité de Cooperação para a Política, Defesa e Segurança da SADC, garantiu a realização de eleições no próximo ano.
 Obasanjo é um dos integrantes do Comité de Sábios da União Africana. O órgão, criado em 2007, para aconselhamento da organização, é composto por cinco “personalidades africanas muito respeitadas, provenientes de diversos sectores da sociedade e que fizeram contribuições relevantes à causa da paz, segurança e desenvolvimento no continente”.

Tempo

Multimédia