Política

Partido no poder informado sobre o IVA

André Brandão | Ndalatando

Militantes do MPLA no Cuanza-Norte foram esclarecidos sobre o impacto do Imposto Sobre o Valor Acrescentado (IVA) na garantia das despesas públicas, os sujeitos do referido imposto, bem como os critérios da sua implantação e as medidas de fiscalização em curso, visando o combate à especulação de preços.

Fotografia: Angop

O esclarecimento foi feito durante a VII conferência municipal de balanço, que decorreu em Samba-Caju.
Na abertura, a segunda secretária provincial do MPLA no Cuanza-Norte, Maria Inácio, disse que não existe qualquer fundamento para o aumento de preços dos produtos da cesta básica.
A dirigente incentivou os órgãos afins do Governo a penalizar os agentes económicos que promovem a especulação para obterem lucros fáceis, acobertando-se no IVA. Maria Inácio realçou que o MPLA continua empenhado na materialização do Programa de Governo sufragado nas eleições, com vista à construção de um projecto nacional abrangente, em que seja erradicada a pobreza e o combate à corrupção, nepotismo e bajulação.
O técnico da AGT que ori-entou a formação, João Bambi, disse estarem em curso várias acções de sensibilização vi-sando elucidar os cidadãos sobre a importância do IVA.

 

Tempo

Multimédia