Política

PGR verifica funcionamento da Região Judiciária Norte

Manuel Fontoura | Ndalatando

O procurador-geral adjunto da República e coordenador da Região Judiciária Norte, João Coelho, avalia desde ontem, no Cuanza-Norte, o funcionamento dos serviços da PGR na província.

Cuanza Norte é a sede da PGR para a região norte, que engloba as províncias de Cabinda, Zaire, Uíge, Malange, e Bengo
Fotografia: DR

Segundo o magistrado, a deslocação ao Cuanza-Norte, sede da Região Judiciária Norte, serve para perceber como ela está a funcionar, sua organização, encontrar os pontos de convergência entre uma e outra província, nivelar as formas de funcionamento, tratar dos recursos humanos, avaliar magistrados e funcionários de modo a uniformizar alguns procedimentos da Procuradoria-Geral da República.

Integram ainda a Região Judiciária Norte as províncias do Bengo, Malanje, Zaire, Uíge e Cabinda.

“Isto só é possível estando no local, mantendo contacto com os magistrados e funcionários, ouvi-los mais, perceber melhor o seu trabalho, avaliar a qualidade e a quantidade do trabalho feito e falar com os dirigentes destas províncias para podermos ver se o modelo a ser implementado serve para todas as regiões igualitariamente e fazer ajustes tendo em conta as características concretas de cada província”, disse.

Para o procurador-geral adjunto da República, das autoridades locais interessa também saber sobre a possibilidade de se enviarem magistrados em determinados municípios para se ter uma justiça cada vez mais próxima dos cidadãos.

Em Fevereiro, o procurador-geral da República, Hélder Pitta-Groz, anunciou a regionalização dos serviços da PGR de maneira experimental no Cuanza-Norte e Huíla, para que as questões tenham respostas mais céleres e haja mais eficiência e eficácia no atendimento às comunidades.

João Coelho manteve um encontro com o governador do Cuanza-Norte, Adriano Mendes de Carvalho, a quem informou sobre o funcionamento e organização dos órgãos da instituição na província e falou da necessidade de aproximar, cada vez mais, a região dos órgãos centrais da Procuradoria-Geral.

Tempo

Multimédia