Política

Plataforma jurídica passa a incluir leis de Timor Leste

A plataforma jurídica tutelada pelos Ministérios da Justiça dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), Legis-Palop estende-se, agora, ao continente asiático.

Inicialmente criada para integrar apenas as legislações e doutrinas de Angola, Cabo-Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe, a ferramenta passa a acolher também o ordenamento jurídico de Timor Leste.O lançamento ocorreu na semana passada, na sede da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) - Palácio Conde de Penafiel, em Lisboa Portugal.

Tempo

Multimédia