Política

Reestruturação das FAA está bastante acelerada

Matias da Costa | Cuito

Os primeiros resultados do novo modelo de reestruturação das Forças Armadas Angolanas (FAA) vão ser apresentados no final deste ano, anunciou, ontem, no Cuito, o ministro da Defesa Nacional e Veteranos da Pátria.

João Ernesto dos Santos visitou, ontem, a província do Bié
Fotografia: Edições Novembro| Arquivo

João Ernesto dos Santos “Liberdade”, que trabalhou, ontem, durante algumas horas, na província do Bié, informou que o processo de reestruturação e redimensionamento das FAA “está bastante acelerado”. “O processo de reforma é uma decisão do Executivo e abrange o Ministério da Defesa Nacional e o Comando Superior das Forças Armadas Angolanas”, esclareceu.

O ministro afirmou que há um grande empenho no processo de reestruturação e redimensionamento. Disse acreditar que o primeiro relatório seja apresentado, em primeira instância, ao Comandante-Em-Chefe das FAA, João Lourenço, até Novembro. João Ernesto dos Santos esclareceu que o processo concorre para a modernização do sector da Defesa Nacional, sublinhando que o mesmo exige unidade e responsabilidade por parte de todos.

No Bié, o ministro procedeu, igualmente, a entrega de meios de biossegurança aos efectivos das FAA, para o reforço do combate à pandemia da Covid-19. Na ocasião, “Liberdade” lembrou que as FAA são o garante da defesa e soberania do Estado angolano.

“Tendo em conta esta responsabilidade, é necessário coarctar todos os males que perigam o nosso sector”, defendeu. Na companhia do governador Pereira Alfredo, o ministro visitou instituições afectas ao Ministério da Defesa, como a fazenda agro-industrial de Camacupa e a Cerâmica “Prémio da Paz”.

Tempo

Multimédia