Política

Técnicos das FAA recebem formação

O chefe da Direcção Principal de Armamento e Técnica do Estado Maior General das FAA, tenente-general Afonso Carlos Neto, apontou a preparação do armamento e formação do efectivo como os dois eixos principais que visam melhorar o funcionamento dos órgãos de armamento e técnica do Exército, Força Aérea Nacional e Marinha de Guerra de Angola.

Ao intervir no encerramento da XII Reunião Metodológica dos órgãos de armamento e técnica das Forças Armadas Angolanas, que decorreu no município do Ambriz, província do Bengo, o tenente-general Afonso Carlos Neto disse que se deve prestar atenção, em qualquer organização, à formação e preparação do homem, como parte importante de cada especialidade.
Sugeriu a melhoria do quadro curricular dos centros ou escolas militares onde são formados os especialistas de armamento e técnica, por forma a materializar os conhecimentos adquiridos para o beneficio do país. Segundo o oficial general, as escolas devem trabalhar no sentido de criar a base material de estudo e conciliar a teoria e a prática.
Durante três dias, os participantes balancearam as actividades desenvolvidas pelos órgãos de armamento e técnica das FAA do ano de instrução 2016/2017 e o grau de cumprimento da direcção principal de armamento e técnica do Estado-Maior General saídos no último encontro.

SAPO Angola

Tempo

Multimédia