Política

UNITA prepara participação no poder local

Justino Victorino|Huambo

A UNITA na província do Huambo espera concluir, até Junho deste ano, todo o processo de preparação para concorrer às eleições autárquicas em 2020.

Secretário da UNITA no Huambo Liberty Chiaka
Fotografia: DR

O secretário provincial do partido, Liberty Chiaka, ao apresentar a agenda política da organização para 2019, garantiu que a UNITA está muito avançada no quadro do processo autárquico, razão pela qual já prepara os futuros candidatos, elaborando propostas de lei sobre a condução do processo.

A participação em debates públicos, com a presença  dos potenciais candidatos às autarquias, segundo o político, faz parte da agenda do processo de preparação, em que constam ainda discussões sobre o combate efectivo à corrupção.
Liberty Chiaka, também deputado à Assembleia Nacional, referiu que a inserção do combate à corrupção na agenda para 2019 surge em virtude de se estar a desviar muitos recursos financeiros alocados a sectores como a Educação, Saúde, Agricultura e outros, sem ter uma justificação por parte dos governantes.
“A corrupção desvia recursos que seriam canalizados para a criação de riquezas,  satisfazendo uma, duas ou mais pessoas. Por isso, o fenómeno corrupção é um mal  a combater”, defendeu o político.
Liberty Chiaka disse que a agenda política reserva ainda acções de combate à exclusão e ao hegemonismo de grupos e revisão da Constituição da República de Angola.
A exigência inclusiva e participativa para o resgate da confiança nas instituições públicas e a realização da prosperidade e dignidade de todas as pessoas, o combate às desigualdades regionais e humanas também constam da agenda política daquele partido.
Segundo Liberty Chiaka, a UNITA vai trabalhar na mobilização dos cidadãos para a defesa do princípio constitucional da igualdade, para a realização das eleições autárquicas em 2020 em todos os municípios.


Tempo

Multimédia