Política

Vice-governador quer organização

Marcelo Manuel | Ndalatando

O novo vice-governador do Cuanza -Norte para o sector Técnico e Infra-estruturas, Mendonça Luís, prometeu, em Ndalatando, reforçar as políticas de autoconstrução dirigida, criar novos aglomerados populacionais com base em padrões urbanísticos modernos  e combater as construções desordenadas.

Mendonça Luís tomou posse como novo vice-governador
Fotografia: Marcelo Manuel | Edições Novembro

Ao discursar no acto que marcou a sua apresentação aos quadros do Governo da província, Mendonça Luís disse que o sector de infra-estruturas da província carece de uma nova dinâmica.
Mendonça Luís disse contar com o apoio das equipas técnicas dos municípios para a identificação e registo das reservas fundiárias do Estado.
O governador provincial, José Maria Ferraz dos Santos, disse que a nomeação do novo vice-governador decorreu de uma “situação estratégica e de emergência”, perante a renúncia do anterior titular do cargo, Henrique do Sacramento e Sousa, por razões de saúde.
José Maria Ferraz dos Santos disse conhecer as qualidades do seu novo coadjutor, dado que até à data da nomeação desempenhou as funções de responsável provincial do Instituto Nacional de Estradas (INEA), sendo esse um dos factores que motivaram a sua indicação para o novo cargo.
“Espero contar com o apoio do novo responsável e da sua equipa técnica, na adopção de políticas de expansão das zonas urbanas, requalificação das vilas e cidades e criação de novos aglomerados populacionais”, disse o governador.

Tempo

Multimédia