Política

Zona Económica Especial tem novos administradores

O Presidente da República, João Lourenço, exonerou ontem, através de um decreto, José de Castro Paiva João, do cargo de administrador da Sociedade de Desenvolvimento da Zona Económica Especial Luanda-Bengo.

Um ângulo exterior da Zona Económica Especial Luanda-Bengo
Fotografia: Eduardo Pedro|Edições Novembro

De acordo com uma nota da Casa Civil do Presidente da República, noutro despacho, João Lourenço nomeou Álvaro da Cunha Cândido Santos, Dalva Maurício Calombo Ringote Allen, Amorbelo Vinevala Paulino Sitongua e Carlos Cépura Neto André para os cargos de administradores executivos da Sociedade de Desenvolvimento da Zona Económica Especial Luanda-Bengo.
No mês passado, dias de-pois de uma visita que efectuou ao local, o Presidente da República exonerou António de Lemos do cargo de presidente do Conselho de Administração da Sociedade de Desenvolvimento da Zona Económica Especial Luanda-Bengo e em sua substituição nomeou António Henriques da Silva. 
A Zona Económica Especial (ZEE) Luanda-Bengo é um espaço fisicamente demarcado, dotado de infra-estruturas adequadas à instalação de empresas capazes de fo-mentar a produção, criar em-prego, fomentar a competi-
tividade e inovação, beneficiando em termos fiscais de um estatuto especial.
A ZEE Luanda-Bengo compreende sete reservas industriais, seis agrícolas e oito mineiras, localizadas nos municípios de Viana, Cacuaco e Icolo e Bengo, na província de Luanda, e Dande e Ambriz, no Bengo.

Tempo

Multimédia