Províncias

A negligência e fuga de gás causam incêndios na província

O Corpo de Bombeiros registou, em Janeiro deste ano, na província da Lunda-Sul, oito incêndios de pequenas proporções, que resultaram num ferido e danos materiais avaliados em 230 mil kwanzas.

O Corpo de Bombeiros registou, em Janeiro deste ano, na província da Lunda-Sul, oito incêndios de pequenas proporções, que resultaram num ferido e danos materiais avaliados em 230 mil kwanzas.
A informação foi avançada ontem à Angop pelo chefe de informação da corporação, Xavier Makenga, que apontou como causas das ocorrências a negligência, fuga de gás e curto-circuito.
Os incêndios, explicou, afectaram uma viatura e cinco residências, enquanto os restantes ocorreram na Empresa Nacional de Electricidade.
Xavier Makenga deu a conhecer ainda que foram realizados 112 serviços de socorro, entre os quais vistorias, assistência às aeronaves, duas protecções e asseguramento.
Balanço criminal de 2009
O comando provincial da Polícia Nacional na Lunda-Sul registou 759 crimes diversos em 2009, informou ontem, em Saurimo, o chefe da secção de comunicação e imagem do departamento de imprensa do comando provincial.
Falando à Angop, António Tamba Tamba explicou que os crimes foram todos esclarecidos, resultando na detenção de 811 cidadãos, mais 66 em relação ao ano anterior.
Quanto à tipicidade, disse terem registado 51 crimes contra a ordem pública, 328 contra pessoas, 296 contra propriedades, 88 contra a economia e 309 acidentes.
Estes casos causaram 52 mortos, 376 feridos e danos materiais avaliados em dez milhões, 300 mil e 900 kwanzas.
Segundo Tamba Tamba, os casos mais frequentes foram crimes contra pessoas, com ofensas corporais voluntárias e involuntárias, por acidentes de viação, homicídios voluntários por acidentes de viação, homicídios voluntários e crimes contra  propriedades.
Casos de furtos, tentativas de roubo, abusos de confiança, furtos qualificados e fogo posto também foram registados.

Tempo

Multimédia