Províncias

Aberto o ano lectivo em Menongue com milhares de alunos matriculados

Alzira da Silva| Menongue

A vice-governadora para a área económica do Kuando-Kubango, Verónica Adolfo Mutango, procedeu sexta-feira, em Menongue, à abertura oficial do ano lectivo 2010, que coincidiu com o encerramento do seminário de formação de professores, directores de escolas primárias e alfabetizadores.

Para o presente ano lectivo foram matriculados na província do Kuando Kubango mais de 240 mil alunos
Fotografia: JA

A vice-governadora para a área económica do Kuando-Kubango, Verónica Adolfo Mutango, procedeu sexta-feira, em Menongue, à abertura oficial do ano lectivo 2010, que coincidiu com o encerramento do seminário de formação de professores, directores de escolas primárias e alfabetizadores. O acto contou com a participação de membros do governo, directores provinciais de várias escolas, professores e alfabetizadores.
Durante o seminário foram abordados temas sobre a metodologia de transmissão de conhecimentos, a mono-docência do ensino primário, planificação das aulas, sistema de avaliação e o processo de Reforma Educativa vigente no país. 
O director provincial da Educação em exercício, Ezequiel Paulo Mariano, disse que a acção formativa, que teve o seu início no passado dia 18, começou no município-sede e vai estender-se a todos os municípios da província, para melhorar a qualidade de ensino. Para já, neste seminário participaram 570 professores, 47 directores, 31 alfabetizadores e 20 professores da comuna do Caiundo
Para o presente ano lectivo, acrescentou, estão matriculados 240.989 alunos, distribuídos pelo pré-escolar (27.418), ensino primário (196.279), I ciclo do ensino secundário (15.580) e II ciclo do ensino secundário (10.709). No ano passado estiveram matriculados 187.005 alunos, sendo 16.415 do pré-escolar, 132.274 do ensino primário, 9.092 do I ciclo e 4.019 do II ciclo do ensino secundário. O sector da Educação controla 84 infra-estruturas, entre as quais 75 escolas do ensino primário, seis do I Ciclo do ensino secundário e três do II ciclo do ensino secundário e este ano vai contar com 3.636 docentes, sendo 2.669 técnicos básicos, 546 técnicos médios, 36 técnicos superiores e 385 trabalhadores administrativos.
O director sublinhou que este ano lectivo vai fazer-se o recrutamento de 1.172 novos docentes: 731 para o ensino primário, 248 para o I ciclo e 193 do II ciclo do ensino primário.  
Verónica Mutango disse, por seu turno, que o Governo sabe que o sucesso do sector da Educação passa pela organização, unidade e investimento, tanto dos estabelecimentos dos diferentes níveis, como pela formação e superação do corpo docente do país.
A governadora considera que a educação e o ensino são componentes determinantes, e por isso “urge que se mobilizem todos os cidadãos para a vida educativa, sendo necessário trabalhar no sentido de se vencer o pessimismo e o descrédito que algumas vezes se tem relativamente às acções educativas”. Recomendou ainda aos professores que cumpram escrupulosamente a carga horária e exerçam a profissão com zelo, sabedoria, respeito e orgulho, para dignificar esta nobre missão, devendo saber ser verdadeiros combatentes da linha da frente, na edificação de uma nova sociedade.
Pediu aos pais e encarregados de educação para colaborarem no acompanhamento dos educandos no percurso do processo educativo, e ao Departamento de Inspecção Escolar no sentido de redobrar esforços no controlo dos edifícios escolares a nível da província do Kuando-Kubango, disse Verónica Mutango.

Tempo

Multimédia