Províncias

Acções de prevenção contra febre amarela reforçadas na região

Bernardo Capita | Cabinda

Um maior envolvimento dos cidadãos na prevenção de casos de febre-amarela através do cumprimento das medidas de prevenção da doença foi pedido ontem pela governadora provincial de Cabinda. 

Aldina da Lomba, que falava para  os habitantes do bairro A Luta Continua, manifestou-se preocupada com o actual quadro progressivo de casos da febre-amarela  na província, onde já há 24 pessoas infectadas.
A governadora provincial afirmou que, com a tendência progressiva de casos da febre-amarela nos últimos dias, é necessário que a população comece a ajudar as autoridades a combater os grandes focos de contaminação da doença.
A população deve redobrar os esforços no sentido de promoverem acções de limpeza, recolha de lixo e destruição de charcos e outros objectos passíveis de acomodar e reproduzir mosquitos e outras bactérias, disse Aldina da Lomba.
Para controlar a situação a nível do bairro A Luta Continua, a governadora provincial assegurou que o comité de especialidade de médicos do MPLA instalou uma clínica móvel na localidade, na qual são feitas consultas gratuitas.
Quanto à energia e água, a governadora provincial reconheceu que o bairro A Luta Continua ainda tem alguns problemas, à semelhança de outras zonas residenciais de Cabinda.
A governadora provincial de Cabinda apelou aos consumidores para criarem a cultura de pagamento do que consomem.

Tempo

Multimédia