Províncias

Administração entrega casas evolutivas

Um total de 25 casas evolutivas construídas no bairro Cabari, comuna do município de Kunda dia Base, foram entregues pela administração local a igual número de famílias  desalojadas pela chuva.

Dezenas de famílias do bairro Cabiri desalojadas pela chuva receberam casas evolutivas
Fotografia: Jornal de Angola

A entrega das casas erguidas no âmbito do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza, enquadra-se nas festividades do 11º aniversário da paz e da reconciliação nacional, assinalado no passado dia 4 deste mês.
Outras vinte e cinco casas evolutivas vão ser igualmente construídas este ano na província de Malange, no sector de Issanga Teka e nas comunas de Lemba e Milando.
A administradora municipal, Joana André Agostinho, que procedeu à entrega das casas, referiu que a região foi assolada este mês por chuva intensa, que destruiu vários casebres de adobes e que deixou várias famílias desabrigadas.
No que toca à construção de 200 fogos habitacionais programados pelo governo provincial no município de Kunda dia Base, a administradora disse que já estão concluídas 45 do tipo T3.
Joana André Agostinho disse que a administração municipal elaborou este ano projectos sociais, que englobam a construção de escolas, postos de saúde, casas para professores e enfermeiros e a distribuição de merenda escolar.
O município de Kunda-dia-Base engloba as comunas de Lemba e Milando, numa superfície de 5.089 metros quadrados , e tem cerca de 46.480 habitantes.  A população da localidade, maioritariamente camponesa, cultiva mandioca, milho, batata- doce, ginguba, banana, gergelim, inhame, feijão e pratica também a caça.

Tempo

Multimédia