Províncias

Agricultores traçam previsões optimistas

Kamuanga Júlia

A Direcção da Agricultura, Pecuária e Pescas (APP) na província da Lunda-Sul ultima os preparativos para o êxito da campanha agrícola 2018/2019, aberta sexta-feira na localidade de Nanguanza, com uma previsão de colheita na ordem de 540 mil toneladas.

Mais de cem mil hectares para cultivo nesta campanha
Fotografia: João Salvo | Edições Novembro

A campanha agrícola vai contar com o envolvimento aproximado de 69 mil famílias de camponeses, segundo o director local da APP, Nelson Senguetali, que garantiu a disponibilidade de 100 mil hectares de terras aráveis, 71 mil dos quais programados para o cultivo de tubérculos e raízes e dez mil para a produção de 439 toneladas de cereais.
A comparticipação do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Social e Económico (PADES) permitiu a aquisição de cinco toneladas de sementes de milho, 40 de fertilizantes, 14 de adubos simples, 15 de ureia, cinco mil enxadas, duas mil catanas e três tractores, para superar as colheitas anteriores de mais de 390 mil toneladas.
A aposta na produção de alimentos dá relevância à cultura do ananás em grande escala, bem como à assistência técnica no meio rural.
A direcção da agricultura realiza também estudos de viabilidade para relançar a agro-indústria, através de um projecto denominado Agro-Vila. Nelson Senguetali defende uma disponibilidade pontual de equipamentos e constituição de brigadas de mecanização agrícola, para facilitar a preparação de terras.

Tempo

Multimédia