Províncias

"Água para Todos" na vila de Boas Águas

Victória Quintas |Huambo

 

A povoação de Boas Águas, município da Tchicala Tcholohanga, beneficia, desde a última semana, de água potável, através de um sistema de canalização construído no âmbito do quadro do programa “Água para Todos”.

Os novos sistemas foram inaugurados pelo secretário de Estado das Águas
Fotografia: Vitória Quintas

 

A povoação de Boas Águas, município da Tchicala Tcholohanga, beneficia, desde a última semana, de água potável, através de um sistema de canalização construído no âmbito do quadro do programa “Água para Todos”.
O Secretário de Estado das Águas, Luís Filipe da Silva, procedeu a entrega formal do sistema.
Constituído por dois fontenários, quatro chafarizes e quatro bicas, o novo sistema vai beneficiar 378 famílias, que há mais de 30 anos não consomem água tratada e canalizada.
A povoação de Boas Águas possui cerca de três mil e 788 habitantes. No local foi igualmente construído um sistema de água canalizada, com capacidade de bombear 150 metros cúbicos de água para a povoação vizinha do Cruzeiro, pertencente ao município do Huambo.
O soba de Boas Águas, Bernardo Chissapa, manifestou a sua satisfação. “Este projecto do Governo é bem vindo, porque as pessoas já não vão percorrer longas distâncias à procura de água. Anteriormente tirávamos água na margem do Rio Cuando. Era uma água que causava muitas doenças”.
Já a jovem Marta Cassinda assegurou à reportagem do Jornal de Angola que com a inauguração do projecto em referência, as populações vão consumir a água sem receios de apanhar qualquer doença.
Na ocasião, o governador Albino Malungo afirmou ser necessário o envolvimento da população para a sustentabilidade dos sistemas, através da mobilização das comunidades do município, que deverão, para o efeito, contar com o apoio das autoridades tradicionais.
“Temos pressa de levar água para as localidades, dando prioridade às comunidades grandes, para que, até 2012, seja possível ter o programa “Água para Todos” implementado em toda a província”, frisou.
Por outro lado, o administrador da Tchicala Tcholohanga, José Manuel dos Santos, fez saber que o município que dirige tem água canalizada por gravidade na comuna do Mbave; por abdução nas comunas do Sambo e Samboto e o sistema da vila do município totalmente reabilitado. Segundo ele, a administração, no âmbito do programa “Água Para Todos”, prevê a construção de 50 pontos de água em todo o município.

Tempo

Multimédia