Províncias

Alfabetizados milhares de jovens e idosos

Victorino Matias| Dundo*

O director provincial da Educação da Lunda Norte, Bartolomeu Dias Sapalo, revelou no Dundo que 309.710 adolescentes, jovens e idosos foram alfabetizados de Fevereiro de 2013 a Maio deste ano.

Alfabetizar é uma tarefa que deve ser activa para alcançar grandes resultados com vista às mudanças da qualidade de vida das populações
Fotografia: José Soares

O facto foi tornado público no acto de abertura do seminário de facilitadores do método “Sim, Eu Posso” do programa de alfabetização e aceleração escolar.
 O método “Sim Eu Posso” faz parte do plano estratégico para revitalização da alfabetização e está a contribuir para diminuir o índice de analfabetismo na província.
 O director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia Bartolomeu Dias Sapalo explicou que o programa de alfabetização e aceleração escolar visa promover a educação de forma estruturada para reduzir a incidência do analfabetismo absoluto, entre adolescentes, jovens e adultos.
 “Alfabetizar é uma tarefa que deve ser activa para alcançar grandes resultados, com vista à melhoria da qualidade de vida das populações, de tal maneira que cada um possa adaptar-se às mudanças que ocorrem em Angola e no mundo,”concluiu.   No âmbito do Programa de Alfabetização e Aceleração escolar o Executivo leva a cabo acções que visam a recuperação do atraso escolar de adolescentes e jovens.
 O método “Sim, Eu Posso” é uma das medidas adicionais para alcançar os objectivos do programa, que são reduzir a taxa de analfabetismo absoluto e funcional, dinamizar o processo de alfabetização, introduzir mecanismos de intervenção social e educativa susceptíveis de provocar mudanças e transformações em consonância com os Objectivos do Milénio. Consta igualmente do método,  a integração do processo de alfabetização em todos os programas de desenvolvimento rural, contribuir para o combate à fome e à pobreza aumentar a produtividade nos diferentes sectores da vida nacional bem como promoção de valores éticos, morais e cívicos.

Palácio do rei


O governador provincial da Lunda Norte anunciou a construção do palácio do rei Muatchissengue wa Tembo, na cidade do Dundo, a partir do próximo ano, com vista a conferir dignidade à entidade tradicional do povo da região Lunda Tchokwe.
Ernesto Muangala, que falava ontem durante a audiência que concedeu ao soberano Muatchissengue Wa Tembo, disse que a casa real a ser erguida nas imediações da cidade do Dundo, vai representar o símbolo do reconhecimento que o Executivo tem pela autoridade tradicional.
O governador explicou que a visita do soberano efectuada à província da Lunda Norte teve como objectivo fundamental estabelecer consultas regulares com as autoridades tradicionais da região e participar na definição do espaço onde vai ser construído o palácio do rei. Ernesto Muangala disse que vai levar a preocupação do rei ao Ministério da Administração do Território, no sentido de se escolher uma zona próxima da cidade do Dundo para a construção do referido palácio, visto que o local inicialmente indicado dista mais de 75 quilómetros da capital da província.
Trata-se da comuna do Lóvua, situada a sudoeste do município do Chitato, local rejeitado pelo soberano, por alegar uma distância abismal entre as duas localidades.
O rei Muatchissengue wa Tembo manifestou-se satisfeito com a iniciativa do Governo Provincial, tendo esclarecido que, com a construção do palácio na Lunda Norte, o desenvolvimento da região vai ser acompanhado mais de perto.
Muatchissengue wa Tembo considerou que a província da Lunda Norte tem conhecido melhorias significativas no que diz respeito às infra-estruturas habitacionais e rodoviárias, destacando a nova centralidade do Dundo e a recuperação das estradas nacionais 180 e 225.
Durante a sua estadia na província da Lunda Norte, o soberano Muatchissengue visitou o sistema de captação de água do Luachimo, a nova centralidade, o Museu Regional do Dundo, assim como manteve um encontro com os regedores e sobas do município do Chitato.
                                                                                         
     *   Com  Angop

Tempo

Multimédia