Províncias

Alunos buscam soluções para a falta de emprego

A Direcção da Educação na cidade de Menongue, província do Cuando Cubango, organizou nos últimos dois dias uma feira de empreendedorismo, que contou com a participação de 80 estudantes, cuja finalidade foi incentivar a criatividade dos alunos  do I e II ciclos do ensino secundário a encontrarem fórmulas para debelarem a falta de emprego.

Fotografia: Jaimagens | Edições Novembro

Segundo o director do complexo escolar nº 24, onde estão enquadrados os alunos,   José Fulay, o evento visou, essencialmente, colocar em prática o que os participantes estão a aprender, principalmente na disciplina de empreendedorismo.
José Fulay disse que a organização pretende continuar a realizar feiras sobre empreendedorismo, de forma a incentivar o espírito empreendedor no seio dos discentes e da juventude em geral, para inculcar a ideia de que com pouco dinheiro é possível dar início a um negócio.
“A cadeira de empreendedorismo estimula os educandos a pensar de forma inovadora sobre futuras carreiras ou opções de emprego e  contribuírem para o bem-estar das suas comunidades”, disse, acrescentando que  “é através da disciplina de empreendedorismo que os discentes aprendem a conhecer e a compreender melhor o papel das empresas na melhoria da qualidade de vida. Também por esta via, se abrem novos horizontes para o trabalho por conta própria”, adiantou José Fulay.
Durante a feira, foram expostos produtos cosméticos, material de decoração, mobiliários, peças de artesanato, telemóveis, vestuários, literatura, materiais de agricultura, carpintaria, mecânica, gastronomia e de cabeleireiro, entre outros, que espelharam a criatividade dos alunos, bem  como as potencialidades da província retratadas nos materiais




 

Tempo

Multimédia