Províncias

Assembleia pastoral juvenil reavalia projectos sociais

Afonso Belo |Kuito

 A Assembleia Nacional pastoral da juventude reuniu domingo, na cidade do Kuito, no seu 15º encontro, mais de 150 jovens provenientes de todas as arquidioceses e dioceses do país, que reavaliaram os projectos existentes e analisaram e discutiram os problemas que afectam os jovens.

Jovens católicos qurem participar no programa de reconstrução no Bié
Fotografia: JA

 A Assembleia Nacional pastoral da juventude reuniu domingo, na cidade do Kuito, no seu 15º encontro, mais de 150 jovens provenientes de todas as arquidioceses e dioceses do país, que reavaliaram os projectos existentes e analisaram e discutiram os problemas que afectam os jovens.
Sob o lema “Jovens não tenhais medo de tomar decisões definitivas “, a assembleia congregou jovens oriundos das arquidioceses de Luanda, Huambo e Lubango, bem como das dioceses de Cabinda, Mbanza Congo, Uíge ,  Ndalatando, Malange, Saurimo, Viana, Benguela, Dundo, Sumbe, Caxito, Onjiva, Menongue e da província anfitriã. 
Os jovens reflectiram sobre a reavaliação do projecto nacional da pastoral juvenil à luz dos novos desafios, bem como do enquadramento do ano sacerdotal na perspectiva da pastoral juvenil, concluindo que a delinquência, o alcoolismo, o HIV/SIDA, a violência doméstica e juvenil, a degradação do meio ambiente a perda dos valores morais, entre outros, são as principais causas dos desvio da moral da juventude.
Quanto ao enquadramento do ano sacerdotal, os jovens aprofundaram a espiritualidade de sacramento por intermédio das orações para as vocações sacerdotais.
Os grandes acontecimentos da igreja, tais como casamentos, ordenações e profissão religiosa, a promoção do espírito de voluntariado e o melhoramento da comunicação entre as dioceses são, de entre outras, propostas orientadas pela décima quinta assembleia da juventude católica.
O secretário nacional da pastoral nacional da juventude, Dom Almeida Kanda, exortou
a juventude a pautar-se por boas atitudes e a participar na construção e reconstrução do país.

Tempo

Multimédia