Províncias

Associação de jovens constrói escola em Chiguendula

Afonso Belo | Chinguar

A  Associação dos Jovens Provenientes da Zâmbia procedeu sábado à colocação da primeira pedra para a construção de uma escola do primeiro ciclo na comunidade de Chiguendula, município do Chinguar, província do Bié.

A  Associação dos Jovens Provenientes da Zâmbia procedeu sábado à colocação da primeira pedra para a construção de uma escola do primeiro ciclo na comunidade de Chiguendula, município do Chinguar, província do Bié.
A actividade, segundo o responsável máximo da associação, Bento Raimundo, se enquadra nas festividades alusivas ao 68º aniversário natalício do Presidente da República, José Eduardo dos Santos. A referida escola, que vai comportar quatro salas de aulas, será construída no prazo de seis meses, pela empresa de construção civil FC-construções. As obras para a sua construção estão orçadas no equivalente a 260 mil dólares.
O presidente da AJAPRZ, Bento Raimundo, disse que o gesto vem responder ao pedido feito há vários dias pelas crianças encontradas na comunidade a assistir as aulas ao relento.
Aquele responsável reconheceu que a construção da referida escola vai ajudar a minimizar a carência de salas de aulas, contribuindo para enquadrar ainda algumas crianças que se encontram fora do sistema normal de ensino naquela comunidade.
Na mesma ocasião, várias crianças já inseridas no sistema normal de ensino beneficiaram de material didáctico, composto por cadernos, esferográficas e manuais diversos.
A administradora do Chinguar, Maria Madalena, agradeceu o gesto e garante uma fiscalização serrada para que o empreiteiro cumpra com as cláusulas ora rubricadas. A par dos alunos, a AJAPRZ doou ao hospital municipal do Chinguar uma ambulância completamente equipada, assim como procedeu ainda a entrega de vários estímulos aos trabalhadores mais destacados da unidade clínica, entre aparelhos de som, audiovisuais, geleiras e arcas.

Tempo

Multimédia