Províncias

Aulas do ensino superior em localidades do interior

Manuel Tomás | Sumbe

O Instituto Superior Politécnico do Cuanza Sul prevê estender no próximo ano lectivo a actividade a outras regiões da província, anunciou o seu director.

Ensino superior chega este ano em várias localidades do interior da província do Kwanza-Sul
Fotografia: Jornal de Angola

Manuel Spínola, que fez o anúncio na cerimónia do encerramento do ano académico, disse que o Instituto, que se debate com a exiguidade de espaços para poder ter mais cursos, pretende a partir do próximo ano lectivo melhorar a qualidade de ensino.
O Instituto, afirmou o director, vai igualmente associar a formação cívica, moral e patriótica à formação académica e técnico-profissional e promover a investigação científica.No ano lectivo que terminou, o Instituto Superior Politécnico funcionou com 70 professores e teve 387 novos estudantes que se juntaram aos 1.137 que já tinha nos cursos de Zootecnia, Agronomia, Gestão Agrária, Enfermagem, Gestão e Contabilidade. A escola tem seis laboratórios, 11 gabinetes de apoio, um auditório e espaços académicos e de serviços que ocupam 1.157 metros quadrados.
O Instituto Superior Politécnico do Cuanza Sul, fundado em 2002, já formou mais de 200 quadros com o nível de bacharéis.

Tempo

Multimédia