Províncias

Aumenta a procura de material escolar

Pais e encarregados de educação da província da Huíla acorrem às tabacarias em busca de material escolar, uniformes e outros acessórios necessários para o início do ano lectivo dos seus educandos, no dia 1 de Fevereiro.

Pais e encarregados de educação da província da Huíla acorrem às tabacarias em busca de material escolar, uniformes e outros acessórios necessários para o início do ano lectivo dos seus educandos, no dia 1 de Fevereiro.
Em ronda efectuada na quarta-feira, no Lubango, a alguns locais de venda de material didáctico, os encarregados de educação afirmaram ser necessário adquirir os materiais quanto antes, para que os seus educandos tenham tudo aquilo de que necessitam no primeiro dia de aulas.
De acordo com a funcionária pública Esperança António, os encarregados de educação devem adquirir o material escolar atempadamente, independentemente do nível académico que as crianças estejam a frequentar. Em seu entender, o facto do encarregado de educação se mostrar preocupado em comprar o material com antecedência é um factor de motivação para o aluno.
Para Margarida Silvestre, estudante universitária, além da aquisição dos materiais necessários, é importante que pais e encarregados de educação conversem com os seus educandos, ajudando-os a darem valor à aprendizagem e a evitarem faltar às aulas.
Mateus Pedreira, professor primário, partilha da ideia de que é importante, para o entusiasmo dos alunos na escola, o empenho dos pais em adquirir o material necessário para o bom aproveitamento das crianças. Além disso, compete aos pais evitar que os seus filhos sejam protagonistas de actos de indisciplina.

Tempo

Multimédia