Províncias

Aumentam os casos associados ao sida

Marcelo Manuel | Quilómetro

Pelo menos 105 dos 256 casos de tuberculose, diagnosticados no Hospital Sanatório do Cuanza-Norte, durante o primeiro semestre deste ano, estão associados ao vírus da sida, revelou ontem o director da unidade clínica.

Barros Pegado avançou que, nos últimos seis meses, o hospital registou um aumento de 72 casos ligados ao VIH e sida, isso comparado com igual período de 2016. Os dados apontam para 18 óbitos, que representam mais dois que o ano anterior.
Neste ano, a unidade especializada no tratamento da tuberculose registou durante o primeiro semestre um total de 1.566 consultas.
O director do sanatório avançou que o número de doentes diagnosticados com malária é de 380, o que significa que houve mais seis, em relação ao mesmo período de 2016. Em função das dificuldades, a direcção do hospital tem apelado à sensibilidade da sociedade para prestar  apoio à unidade, no sentido de se dar uma maior atenção aos doentes.
Para responder ao  apelo, o Banco Sol procedeu ontem à entrega de bens de primeira necessidade, medicamentos e material gastável.
Em cerimónia orientada pelo PCA do Banco Sol, Coutinho Nobre Miguel, o hospital beneficiou de sacos de fuba de milho, 15 embalagens de água mineral,  sacos de arroz, massa alimentar,  iogurte e  leite, além de bidões de óleo de cozinha.
O hospital beneficiou ainda de máscaras cirúrgicas e preventivas, cadeiras de rodas e para banho, camas hospitalares e kits de primeiros socorros.

Tempo

Multimédia