Províncias

Aumentam serviços sociais em comunidades na região

João Constantino | Cuito

A população da comuna do Trumba, 30 quilómetros a leste da cidade do Cuito, beneficiou sexta-feira de novas infra-estruturas, um hospital e dez novas casas para quadros do sector da Saúde e da Educação.

Melhoram as condições de alojamento
Fotografia: Dombele Bernardo

Inaugurados pelo governador provincial do Bié, Boavida Neto, as novas infra-estruturas foram construídas no âmbito do Programa de Investimentos Públicos (PIP), com vista a reforçar a assistência sanitária e as oportunidades de acesso ao ensino.
O hospital surge para substituir o antigo centro médico, que funcionava em instalações provisórias.
A nova unidade possui seis enfermarias, com quatro camas cada, salas de parto, de raio X, laboratório, banco de urgência, farmácia, refeitório e lavandaria.
O hospital vai prestar serviços em várias áreas, com destaque para consultas internas e externas, pré-natal, pediatria, medicina, radiologia e análises clínicas.
As dez casas, entregues pelo governador Boavida Neto, foram feitas para atrair os técnicos à comuna de Trumba, que, neste momento, tem problemas com a carência de quadros. Durante a estadia na comuna, o governador provincial realizou ainda uma visita às obras de construção de uma escola de oito salas de aulas.

Ensino no Cunje


Na localidade de Camalaya, na comuna do Cunje, a cerca de sete quilómetros do Cuito, capital do Bié, o governador provincial inaugurou uma escola do I ciclo, com 12 salas de aulas. Denominada “Comandante Kussumua”, a nova instituição escolar está equipada com biblioteca, laboratório, salas de reunião, gabinetes administrativos e balneário.
Com capacidade para acolher 1.800 alunos, nos três períodos do dia, a escola do Cunje vai ajudar a diminuir o percurso que as crianças faziam para terem acesso ao sistema de ensino e aprendizagem.
Boavida Neto pediu aos alunos e encarregados de educação para preservarem a infra-estrutura, realçando que o governo tem realizado muitas acções, mas reconhece que muito trabalho ainda tem pela frente.
Com a entrada em funcionamento da nova escola, a comuna passa a dispor de 35 salas de aulas, o que permite que mais habitantes consigam estudar e ter aulas em melhores condições.

Tempo

Multimédia