Províncias

Autoridade tradicional assassinada

O cidadão  Raimundo Lucas, de 59 anos de idade, soba da aldeia de Epandi, município da Nhârea, 176 quilómetros a norte da cidade do Cuito, capital da província do Bié, foi torturado a paulada até  a morte, no decurso desta semana, por alegadamente  ser feiticeiro.

A informação foi dada ontem na cidade do Cuito à Angop pelo director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imagem do comando provincial da Polícia Nacional, superintendente-chefe António Hossi, durante o balanço da situação delituosa dos últimos sete dias.
O assassinato, disse, foi perpetrado pelos jovens Bartolomeu Cassonde e Herone Sassapa de 23 e 20 anos de idade, já a contas com a justiça, alegadamente por aperceberem-se que o ancião era bruxo, depois de receberem a informação do terapeuta tradicional (quimbandeiro). /> O oficial policial fez ainda saber que, nos últimos sete dias, o comando provincial da Polícia Nacional registou 37 crimes de natureza diversa que resultaram na detenção de 40 indivíduos, dos quais 35 de sexo masculino e cinco do género feminino.
Entre   as situações registadas  para a prática de crimes destacam-se o uso excessivo de bebidas alcoólicas e outras drogas, divergências nos lares, ganância ao lucro fácil, desemprego, fome e miséria crescente, com maior incidência nas classes menos favorecidas.

Tempo

Multimédia