Províncias

Autoridades removem famílias de zonas de risco no Lubango

Mais de 200 famílias que vivem em zona considerada de risco, às margens do rio Caculuvar, em casebres construídos de bloco de adobe e cobertas com chapas de zinco, no Lubango, capital da província da Huíla, estão a ser transferidas para um espaço, situado na periferia da cidade, onde, segundo Administração Municipal local, "oferece condições de segurança" para habitabilidade.

Tempo

Multimédia