Províncias

Autoridades tradicionais destacam acções em curso

Casimiro José | Waco Cungo

Autoridades tradicionais dos doze municípios da província do Cuanza Sul reconheceram sábado, na cidade do Waco Cungo, município da Cela, os resultados que têm sido alcançados nas comunidades, fruto das acções desenvolvidas pelo Governo, visando a melhoria das condições sociais da população.

O reconhecimento foi expresso no final do encontro de auscultação, orientado pelo governador da província, Eusébio de Brito Teixeira, onde 288 sobas fizeram uma avaliação positiva do programa do Executivo do período 2012/2017, que permitiu desenvolver um conjunto de acções, nos domínios social, económico, cultural e outros.
Os sobas consideraram que, “apesar de persistirem as dificuldades em torno da reabilitação das estradas secundárias e terciárias, que dificultam o escoamento dos produtos dos campos para os mercados de consumo, a província saiu a ganhar com a extensão das redes escolar e sanitária.”
O governador Eusébio de Brito Teixeira, acompanhado dos vice-governadores da província, esclareceu que o governo da província procurou materializar os compromissos assumidos pelo Executivo para o período 2012/2017, mas reconheceu que muita coisa ficou por se fazer, devido ao impacto da crise financeira mundial.
 “Começamos a desenvolver o nosso programa com uma força anímica, que envolveu a todos, mas, pelo caminho, fomos confrontados com uma crise que assola todas as nações do mundo e nós não fomos poupados”, disse, a­pontando que o programa de mitigação dos efeitos da crise, assente na diversificação da economia, constitui o instrumento viável para alavancar a economia nacional. Eusébio de Brito Teixeira destacou o início da reabilitação das estradas nacionais nº 120 e 100, as vias secundárias e terciárias, a retomada das obras de requalificação das cidades de Porto-Amboim, Sumbe e Gabela, como sendo as acções que vão resgatar a esperança da população por uma vida melhor. “A fase pior já passou, os projectos que estiveram paralisados já foram retomados. Estou a falar da reabilitação dos troços que passam na nossa província, das estradas nacionais nº100 e 120, além das vias secundárias e terciárias, que também vão ser reabilitadas”, frisou.
Acrescentou ainda que a aposta na agricultura deve ser a via para se ultrapassar a actual situação de crise e, para o efeito, incentivou as autoridades tradicionais a apostarem na agricultura familiar e associativa.
Participaram no encontro administradores municipais, delegados, directores provinciais e altos funcionários do governo provincial.
Na qualidade de primeiro secretário do Cuanza Sul do MPLA,  Eusébio de Brito Teixeira anunciou que a visita do candidato do MPLA a presidente da República,  João Lourenço, à província do Cuanza Sul, vai ter lugar a 13 de Maio do corrente ano, pelo que pediu maior mobilização da população para uma recepção calorosa. “Nesta visita do nosso candidato a presidente da República nas eleições de Agosto próximo,
pedimos o empenho de todos os amigos e simpatizantes do nosso partido, para a sensibilização da massa militante, a estar presente neste grande acto, que também vai marcar o lançamento oficial da pré-campanha”, disse. Segundo Eusébio de Brito Teixeira, a província quer tributar uma recepção apoteótica  ao candidato do MPLA.

Tempo

Multimédia