Províncias

Bairro Quindenuco com água purificada

Joaquim Júnior | Uíge

A população do bairro Quindenuco, periferia da cidade do Uíge, vai contar até ao final deste ano com um sistema de purificação natural de água, cuja primeira pedra para a construção do equipamento social foi colocada ontem.

Avaliado em mais de 12 milhões de kwanzas, financiados pela Embaixada do Japão em Angola, o projecto desenvolvido pela Acção Angolana de Apoio às Viúvas (ANGOAV) inclui a construção de central de captação, que vai ser erguida no rio Caiula, a cerca de um quilómetro do bairro.
Além deste, o projecto contempla ainda a central de purificação natural à base de filtros, que vai ser suportada por quatro tanques de dez mil litros de água cada.
A distribuição da água à população vai ser feita a partir de dois chafarizes com três torneiras cada.
Depois de concluído, o sistema de purificação de água do Quindenuco vai beneficiar cerca de quatro mil habitantes da localidade e moradores de zonas circunvizinhas.
Luquelemo Manuel, representante da Administração Municipal do Uíge, que procedeu à colocação da primeira pedra, disse que o projecto demonstra a participação da sociedade civil e de organizações privadas na materialização dos programas do Governo Provincial virados para a melhoria de vida das populações.

Tempo

Multimédia