Províncias

Base logística instalada no Lubango

Arão Martins | Lubango

Uma base logística para apoiar o Programa de Aquisição de Produtos Agro-pecuários (Papagro), na província da Huíla, está a ser implementada na comuna da Arimba, município do Lubango, numa área de aproximadamente dois hectares, anunciou ontem o director provincial do Comércio.

Municípios passam a dispor de alpendres de apoio aos centros logísticos para conservação dos produtos
Fotografia: Arão Martins | Lubango

Fernando Calola informou que é notória a tendência actual das comunidades rurais em aumentar a componente mercantil da produção, como forma de obterem bens e serviços do mercado para satisfazer as necessidades crescentes das famílias.
Para a concretização da acção de apoio ao Programa do Papagro, disse, foi identificado um terreno para erguer as infra-estruturas na comuna da Arimba, onde vai ser criada uma base logística.
“Foi identificada uma área com aproximadamente dois hectares, com redes técnicas de energia e água para a construção da base logística de apoio ao Papagro que vai contar com cinco naves, com 500 metros quadrados. As mesmas vão servir para recepção, lavagem e calibragem dos produtos hortofrutícolas, armazenamento de produtos diversos para abastecer as lojas adjacentes, bem como as do campo”, disse.
A base logística dispõe de naves que asseguram o armazenamento e conservação de produtos de origem animal, conservação da batata e outros tubérculos, além de um outro para o carvão.
Um terreno foi identificado para o agente logístico rural, que se destina à construção e reabilitação de unidades de comercialização de produtos agro-pecuários para quatro municípios. Numa primeira fase vão ser contemplados os municípios de Chicomba, Matala, Chibia e Humpata, cujos terrenos já foram cedidos com os respectivos croquis de localização, em posse do Ministério do Comércio, aguardando apenas pelo financiamento.
Os municípios de Caluquembe, Matala e Chibia vão dispor nos próximos tempos de três alpendres de apoio aos centros logísticos, em conformidade com o plano do Ministério do Comércio. O Programa de Aquisição de Produtos Agro-pecuários (Papagro) surge para assegurar, com regularidade, a aquisição de excedentes da produção agrícola familiar e outros produtos e garante o escoamento para os principais centros de consumo e o abastecimento permanente de bens essenciais e mercadorias às comunidades rurais.
O programa, concebido como estruturante no contexto de combate à pobreza, procura contribuir para o aumento de rendimentos dos produtores de pequenas unidades do campo e incentivar o escoamento da produção familiar.
À luz do Programa de Aquisição de Produtos Agro-pecuários, foram construídas no Km 40, comuna do Hoque, estruturas vocacionadas ao mercado Agro-pecuário, Agro-merca, onde são efectuadas as compras dos produtos do meio rural. Estão em construção estruturas nos municípios do Lubango, Chibia e Caluquembe. Durante o primeiro trimestre deste ano, os camponeses que vivem nos arredores do Km 40, município do Lubango, efectuaram a venda de 239,433 toneladas de produtos diversos, no valor de mais de 30 milhões de kwanzas.

Tempo

Multimédia