Províncias

Administração loteia terrenos para moradias

A administração municipal de Icolo e Bengo, em Luanda, vai este ano lotear terrenos para auto-construção assistida nas povoações de Botomona, Barraca, Hombo e Bom Jesus.

Até ao final do ano, está prevista a construção de 200 fogos habitacionais nas localidades de Caculo, 150 em Calubunze e 50 em Cahango. No mesmo período, as localidades de Minhige e Calubunze e a área de Caxicane beneficiam de obras de urbanização.
A Administração Municipal continua a efectuar o cadastro e o licenciamento de terrenos, nos termos da Lei de Terras, e dá continuidade à instalação da rede de iluminação pública, sinalização rodoviária, toponímia, criação de parques, zonas verdes e espaços de estacionamento automóvel nas localidades.
A Direcção Municipal de Gestão Urbanística, Urbanismo e Cadastro de Icolo e Bengo tem a obrigação de acompanhar a realização local das obras públicas aprovadas pelo Governo central, nomeadamente a centralidade com quatro mil apartamentos e o aeroporto de Bom Jesus.
O município de Icolo e Bengo possui 74.644 habitantes, a maioria agricultores. Localiza-se no Leste da província de Luanda, sendo limitado a Norte pelo município do Dande, a Este pelo município de Cambambe, a Sul pelo município da Quiçama e a Oeste pelos municípios de Viana e Cacuaco. Está subdividido em cinco comunas: Bom Jesus, Cabiri, Cassoneca, Caculo Cahango e a sede municipal, Catete.

Tempo

Multimédia