Províncias

Administrador do Ambriz visitou a comuna do Tabi

O administrador municipal do Ambriz, Januário Bernardo, esteve no sábado, na comuna do Tabi, a observar as dificuldades com que se debate a população.

Reparação da via principal é prioritária
Fotografia: Adolfo Dumbo

O administrador municipal do Ambriz, Januário Bernardo, esteve no sábado, na comuna do Tabi, a observar as dificuldades com que se debate a população.
O funcionário público tomou conhecimento dos problemas que afligem as populações da área através de um comunicado lido pelo administrador comunal em exercício,  Tiago Manuel António.
Januário Bernardo reconheceu que a comuna do Tabi precisa de reabilitar as estradas primárias e secundárias, para permitir fluidez à circulação de pessoas e bens e o desenvolvimento da região.
O administrador apontou como prioridade a construção de uma central de captação de água e a reparação da via principal que liga o Tabi à sede municipal do Ambriz, numa distância de cerca de 86 quilómetros, e manifestou a sua preocupação pela seca que devasta culturas nas localidades de Quicabo e Tabi.
A população da comuna do Tabi está estimada em 6.630 habitantes, a maior parte da qual dedicada à agricultura e à caça. O governo provincial está empenhar-se para ver resolvida a situação. Januário Bernardo apelou à população para se manter calma, porque tudo está a ser feito para que seja atenuado o problema. "Vamos esperar que haja chuva nestas áreas nesta época que se avizinha para o bem do povo", afirmou.
A administração municipal vai dar prioridade, numa primeira fase, à construção de fontenários próximos das populações e à instalação de antenas parabólicas no interior da comuna, com vista a manter informada a população sobre a realidade do país.

Tempo

Multimédia