Províncias

Agrários fazem formação de liderança e competência

Maiomona Artur | Caxito

A União Nacional dos Camponeses de Angola (UNACA), na província do Bengo, vai realizar, entre os próximos dias 22 e 25, um seminário de formação e desenvolvimento de competências em liderança e gestão.

A União Nacional dos Camponeses de Angola (UNACA), na província do Bengo, vai realizar, entre os próximos dias 22 e 25, um seminário de formação e desenvolvimento de competências em liderança e gestão.
A acção formativa será dirigida aos camponeses locais, disse ontem o presidente da Confederação das Associações de Camponeses e Cooperativas do Bengo, Marques Miguel.
Actualmente, referiu o responsável, a união, a nível da província, abrange 310 organizações, 210 associações e 100 cooperativas, num total de 18.307 associados, acrescentando que o crédito agrícola, no âmbito do combate à fome e à pobreza na província do Bengo, já beneficiou 82 famílias.
Antes da concessão dos créditos, os beneficiários participaram numa formação, que visou o esclarecimento dos métodos de aquisição e do reembolso dos valores.
Marques Miguel disse que o Banco de Comércio e Indústria (BCI) é o maior credor, até ao momento, em relação aos restantes bancos, que têm a missão conceder créditos à actividade agrícola.
Os agricultores que mais créditos receberam foram os dos municípios do Dande, Ambriz e Icolo e Bengo, estando a ser envidados esforços para que outras partes da província possam ser igualmente contempladas.
Segundo explicou, a federação assinou, em tempos, um acordo de parceria com o Comité Nacional da Mulher Rural, que resultou na oferta de cinco viaturas às cooperativas, meios que estão a contribuir para o escoamento de produtos agrícolas.
As viaturas foram distribuídas pela sede provincial, Caxito, e pelos municípios de Nambuangongo e Icolo e Bengo, sendo duas para as primeiras localidades e uma para a terceira.


Mais organizações


O presidente da Confederação das Associações de Camponeses e Cooperativas do Bengo realçou a criação de oito organizações de base nas localidades de Nambuangongo, Kissama e Dande, durante o primeiro semestre deste ano.

Tempo

Multimédia